X oferta imperdivel SAIBA MAIS
Suplemento Vitamina D, benefícios e como tomar

Suplemento Vitamina D, benefícios e como tomar

Vida Elite | 29/03/2021 | 

A vitamina D (colecalciferol) é importante para o bom funcionamento do coração, sistema imunológico, sistema nervoso central, diferenciação celular e controle dos hormônios. A formação do osso, prevenção e tratamento do raquitismo e bom funcionamento do matabolismo ósseo também se dá através da vitamina, que regula os níveis de cálcio e fosfato, importantes para a massa óssea. Essa vitamina também é imprecindível para as grávidas, por beneficiar o feto.

Contudo, a deficiência dessa vitamina pode causar sérios problemas, como por exemplo o desenvolvimento de câncer, hipertensão arterial, diabetes, infecções, gripes com frequência, problemas na saúde dos ossos e doenças autoimunes, portanto, os níveis saudáveis da vitamina D merece sua preocupação.

Entretanto, você já deve saber que a vitamina D é conhecida como a vitamina do sol, pois essa é a melhor fonte de obtenção da vitamina, e também podemos contar com os alimentos de origem animal, como ovos, fígado de boi, leite e seus derivados. 

Ainda sim em alguns casos pode ser que essas fontes principais de vitamina D não supram a quantidade da substância para manter os níveis saudáveis da vitamina no organismo, sendo necessário recorrer a suplementos de vitamina D.

A reposição de vitamina D com remédios/suplementos possui formas flexíveis de serem administradas, ou seja, podem ser realizadas diariamente, semanalmente, mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, dependendo da dose.

suplemento de vitamina d, como tomar

Quando o suplemento é indicado

A vitamina D refere-se a um grupo específico de moléculas, elas são a forma ativa da vitamina D (1,25-diidroxi-vitamina D), vitamina D2 (ergocalciferol) e D3 (colecalciferol). Contudo, a vitamina D2 é absorvida através da alimentação, já a vitamina D3 também, porém precisa da exposição solar para que ela possa ser totalmente sintetizada. Esse último é o tipo de vitamina D encontrada nos suplementos.

Bom, alguns casos específicos precisam suplementar a vitamina D, como por exemplo pessoas que pouco se expõe diretamente ao sol, ou que residem em locais frios onde raramente a pele fica exposta ao sol. E também:

  • Pessoas com fototipo V e VI;
  • Obesos;
  • Pessoas que permanecem por muito tempo em locais fechados.

Apesar disso, além de analisar os sintomas da deficiência de vitamina D clicando aqui, para realmente saber se existe a necessidade da suplementação o ideal é consultar um médico.

O especialista fará uma análise no quadro do paciente junto aos sinais e como comprovação solicitará um exame de sangue que mede a 25-hidroxi-vitamina D e a 1,25-di-hidroxi-vitamina D para entender melhor como estão os níveis da vitamina no sangue. 

Outros fatores que aumentam a necessidade da utilização de suplementos de vitamina D é a utilização de medicamentos como corticoides, para emagrecimento e disfunções cardíacas, portanto caso utilize alguma medicação específica e estiver com suspeitas de deficiência de vitamina D, converse com seu médico.

A suplementação com vitamina D pode ser indicada por um especialista no tratamento de condições e doenças relacionadas a baixas quantidade de vitamina D circulante no sangue, como por exemplo:

  • Níveis muito baixos de vitamina D;
  • Obesos;
  • Osteoporose, osteomalácia e raquitismo, que resultam no aumento da fragilidade e deformidade nos ossos;
  • Baixos níveis de cálcio no sangue devido à diminuição dos níveis do hormônio da paratireoide, o paratormônio (PTH);
  • Baixos níveis de fosfato no sangue, como o que ocorre na Síndrome de Fanconi, por exemplo;
  • No tratamento da psoríase, um problema de pele;
  • Pessoas institucionalizadas ou internadas;
  • Pessoas com insuficiência renal crônica devido à baixa concentração de cálcio no sangue.

As taxas recomendadas de vitamina D segundo as diretrizes da Sociedade Ameriana de Endrocrinologia são níveis séricos entre 30 e 100 ng/mL, sendo assim, níveis entre 20 e 30 ng/mL são inadequados e abaixo de 20 ng/mL existe a deficiência da vitamina.

Como fazer a reposição de vitamina D

O sol é o bastante como dose de vitamina D, pois a exposição solar na pele por em média 20 minutos diários pode equivaler a uma dose oral de cerca de 10.000 a 25.000 UI de vitamina D.

Contudo, fatores como idade, pele, protetor solar e estação do ano pode acabar diminuindo a produção da vitamina fazendo com que uma suplementação seja necessária.

A reposição da vitamina D com medicamentos é bem flexível e conta com diversas opções de dosagens no mercado e pode ser feita através de algumas opções como:

  • 50.000 UI 1 vez por semana por 8 semanas;
  • 6.000 UI ao dia por 8 semanas;
  • 3.000 a 5.000 ao dia, por 6 a 12 semanas. 
  • 667 - 1.334 UI para prevenção quando há risco de deficiência de vitamina D3;
  • 3.335 - 5.336 UI para prevenção quando há má absorção.

Mas, no geral o indicado para manter níveis ideais de vitamina D que é 30ng/mL é recomendada uma quantidade mínima de 1.000 UI/dia, principalmente para aqueles que não tomam sol.

suplemento-de-vitamina-d-benefícios-como-tomar

Qual o melhor suplemento de vitamina D?

Para começar, o ideal é que você faça a reposição de vitamina D de acordo com a recomendação médica.

Contudo, as gotas ou cápsulas de vitamina D possuem a quantidade recomendada discriminada na embalagem e cada produto tem uma quantidade diferente de acordo com a marca. Se atente a essa recomendação para que não haja uma superdosagem ou falta da substância.

Ciente das recomendações e quanto comprimidos ingerir, tome com um pouco de água uma vez ao dia perto das principais refeições. Para escolher o melhor suplemento, avalie a procedência da marca que você está comprando, a qualidade e tempo de mercado, por exemplo.

Onde encontrar esses suplementos?

Os suplementos de vitamina D são encontrados facilmente em lojas de produtos naturais, farmácias e lojas online. Além disso, existem alguns suplementos de vitamina D + alguma outra substância em sua composição que pode nutrir ainda mais o seu corpo, como vitamina D + cálcio. 

Outro fator importante na escolha do seu suplemento é o preço, que não é nem um pouco caro. Além dessas informações valiosas do blog, a Loja Vida Elite conta com os melhores preços e qualidade da composição dos suplementos para que você absorva ao máximo toda a substância sem prejudicar seu bolso.

Conhecer vitaminas D

Suplementar Vitamina D tem efeitos colaterais?

A utilização dos suplementos de vitamina D geralmente não apresentam efeitos colaterais quando tomados dentro dos valores recomendados. No contrário, os remédios que contêm vitamina D3, tomados em altas doses, podem apresentam complicações como confusão mental, anorexia, fraqueza, vômitos, hipercalciúria e polidipsia.

Em outras palavras, o melhor a se fazer para ingerir a dose recomendada de vitamina D é uma orientação com o médico ou nutricionista. 

Vale ressaltar que a vitamina D ingerida é armazenada pelo organismo, contudo, doses acima de 4000 UI sem a orientação de um profissional da saúde pode levar a hipervitaminose, provocando vômitos, aumento da frequência urinária, prisão de ventre e causar condições graves no coração, cérebro e rins pelo aumento de cálcio.

Contraindicações

Grávidas, lactantes, crianças, pessoas com histoplasmose, aterosclerose, hiperparatireoidismo, sarcoidose, hipercalcemia, turberculose e insuficiência renal só deve utilizar a suplementação com vitamina D através de uma orientação médica.