X Procura performance sexual SIM!
3 substâncias para acabar com o calor da menopausa | fogacho

3 substâncias para acabar com o calor da menopausa | fogacho

Vida Elite | 13/04/2020 | Saúde da Mulher

Um dos sintomas mais comuns da menopausa são as ondas de calor, que inevitavelmente surgem devido a alteração hormonal que acontece no corpo feminino durante essa fase. As ondas de calor, chamadas de fogacho podem sugir antes e após a entrada na menopausa.

A manifestação dos fogachos acontece de forma repentina, podendo aparecer pela manhã, durante o dia ou antes de dormir, variando de mulher para mulher. É horrível esse carolão que acomete as mulheres na menopausa, fazendo com que até a concentração se torne mais complicada.

Portanto o ideal é que você realmente busque amenizar os sintomas da menopausa com algumas práticas, como por exemplo as 3 opções naturais que serão reveladas a seguir e também a procura por um ginecologista que pode te recomendar as várias opções disponíveis contra a menopausa, como o uso de remédios ou até a reposição hormonal.

O que é o fogacho?

" Antes de falarmos sobre o calorão excessivo, você sabia que a menopausa é a última menstruação da sua vida e o período após a última menstruação não é chamado de menopausa e sim de climatério? "

Contudo, como o termo mais conhecido é menopausa, vamos falar sobre as opções existentes para acabar com o calor da menopausa. Primeiro, avalie alguns dos sintomas do fogacho.

O fogacho é a desregulação no mecanismo de controle térmico da mulher, que causa as ondas de calor, por conta da diminuição dos níveis de estrogênio circulantes.

O calor da menopausa é assim:

Uma sensação de calor localizada na face e no tórax, que rapidamente habita todo o corpo. Acontece que o hipotálamo, uma região do sistema nervoso central que atua como um termostato faz uma má interpretação da temperatura corporal, mesmo que essa temperatura esteja normal.

Geralmente dura 5 minutos e causa transpiração intensa e pele avermelhada.

Outro ponto que você vai se identificar é a sensação de queda repentina da temperatura corporal e o surgimento de calafrios, momento em que o corpo tenta restaurar a temperatura normal do organismo.

O pior de tudo é que o sono das mulheres também pode ser comprometido por causa do calor noturno, junto com a ansiedade e depressão que são comuns na menopausa.

Tratamento para o calor na menopausa

Vale ressaltar que a maioria das mulheres apresentam o calor da menopausa por alguns anos e com o passar do tempo o fogacho desaparece, portanto, os tratamentos mais invasivos podem ficar para um momento de maior necessidade, quando os métodos naturais não funcionarem ou esse período estiver durando muito tempo. 

Portanto, entenda melhor os tratamentos mais utilizados pelos ginecologistas e logo após veja formas naturais com o uso da alimentação, chás e suplementos para acabar com o calorão da menopausa.

Reposição hormonal

A terapia de reposição hormonal consiste na reposição de estrogênio, hormônio cuja produção pelos ovários da mulher está diminuindo na menopausa, porém por conta dos efeitos colaterais o uso desse tipo de tratamento é indicado por curtos períodos e em mulheres com sintomas de moderada a forte intensidade.

Alguns dos efeitos colaterais são o aumento do risco de câncer de mama, sangramento vaginal de graus variados, inchaço, cefaleia, alterações do humor e dor na mama.

Esse tipo de terapia reduz o desconforto da menopausa, incluindo as ondas de calor. O estrogênio pode ser administrado por via oral ou transdérmica.

Remédios

O calor da menopausa também pode ser aliviado com a utilização de remédios que são medicamentos controlados, receitados pelo ginecologista. Geralmente esses remédios são antidepressivos como a Paroxetina ou Escitalopram que são usados em dosagens inferiores ao tratamento para depressão e aliviam as ondas de calor.

Outra opção são alguns remédios controlados para enxaqueca que também podem aliviar as ondas de calor, como Gabapentina e Clonidina.

3 substâncias para diminuir o calor da menopausa

O tratamento natural para menopausa existe e já devia fazer parte da sua vida desde a sua pré-menopausa, mulher!

Algumas substâncias naturais, como chás, alimentos e suplementos também podem fazer parte da sua jornada para acabar com o calor na menopausa, diminuir a frequência e até eliminar completamente o fogacho em casos mais leves.

1 - Soja

A soja já é muito conhecida pela sua relação entre os hormônios e redução dos sintomas da menopausa, pois é rica em ácidos graxos e nutrientes essenciais como o complexo B, colina e inositol que contribuem de forma positiva nas alterações hormonais que ocorrem nesse período feminino.

Derivada da soja, a lecitina possui ativos que agem de forma parecida com o hormônio estrogênio, que diminui na menopausa. Os benefícios são muitos nessa fase, para amenizar o calor da menopausa, controlar alterações de humor e obesidade.

A lecitina também alivia os sintomas da TPM, ressecamento vaginal, combate o colesterol e contribui com o emagrecimento.

Suplementos de isoflavona - um composto da soja - possuem muitos benefícios contra os fogachos, como você pode ver nesse estudo.

Conte sempre com a ajuda de um nutricionista para escolher o melhor suplemento, no entanto, geralmente são recomendadas as cápsulas com a dosagem segura na embalagem do fabricante.

No botão abaixo você tem acesso aos fabricantes confiáveis e com bons preços.

Alivie menopausa

2 - Vitamina E 

A vitamina E, devido às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, ajuda a reduzir o estresse no corpo, o ganho de peso, atua na prevenção da depressão e ameniza as ondas de calor. Você pode suplementar e ingerir de forma natural através da gema de ovo, fígado e oleaginosas.

Outras vitaminas e minerais também são úteis para amenizar os sintomas da menopausa, como o cálcio, magnésio, vitamina D que fortalecem os ossos e vitamina C que diminui o fluxo menstrual na pré-menopausa.

3 - Amora Miura

Por último e a mais queridinha entre as mulheres temos a Amora Miura 

Agindo de forma surpreendente na regulação dos hormônios, os suplementos ou chás de amora agem com bastante eficácia nos sintomas da menopausa, como calor em excesso e irritação. A amora pode ser utilizada por você e pelos outros integrantes da sua família, já que também diminui o colesterol, melhora a imunidade e previne o envelhecimento precoce. Não parando por aí, a amora miura tem muitos outros benefícios. 

Olhe agora clicando aqui ou no botão abaixo, o Vida Elite disponibiliza todas essas substâncias para você.

Amore e MAIS

Dicas para acabar com o calor da menopausa

Você pode e deve adicionar alguns hábitos em sua vida que vão amenizar ou até acabar com o calor da menopausa, além dos remédios e terapia de reposição hormonal.

As substâncias naturais que foram citadas em conjunto com mudanças de hábitos de vida, alterações da dieta e remédios caseiros vão te ajudar muito no controle de todos esses incômodos da menopausa.

  • Beba bastante água, no mínimo 2 litros
  • Use roupas de tecido leve, para amenizar o calor
  • Faça algo relaxante e que dispare neurotransmissores, como yoga, meditação e atividades físicas
  • Compre um ventilador portátil
  • Durma e acorde no mesmo horário, para evitar a insônia
  • Diminua o sal, coma soja, alimente-se com alimentos ricos em cálcio (laticínios, vegetais verde-escuros e sardinha)
  • Alimente-se com magnésio, coma peixes e oleaginosas
  • Faça os exames de rotina, anualmente os exames de controle de glicemia, colesterol, taxas de vitamina D e cálcio, mamografia e exames ginecológicos de rotina