X

Está com a testosterona baixa?

Promoção Testo Gold para PIX Sim, ver solução
Benefícios da Argiloterapia e como fazer

Benefícios da Argiloterapia e como fazer - Vida Elite

Vida Elite | 0000-00-00 00:00:00 | 

A argiloterapia é um tratamento eficaz e acessível para cuidar muito bem do rosto, corpo e cabelos. Os tratamento estéticos com argila dissolvida em água, gel ou loções tônicas tratam a pele de forma profunda, pois esse material orgânico é rico em oligoelementos, como o silíco, que faz parte da reconstrução dos tecidos, como o alumínio e zinco que atuam na cicatrização, entre outros.

No entanto, a argiloterapia facial e corporal possuem uma ação calmante, detox e anti-inflamatória e atua removendo célular mortas.

Não posso esquecer de citar que o tratamento com a argila também pode ser feito nos cabelos, chamada argiloterapia capilar que elimina as impurezas presente nos fios e proporciona macieza, brilho e mais saúde aos cabelos.

Benefícios da argiloterapia corporal e facial

Rica em minerais, a argiloterapia tem sido utilizada como cosmético há gerações, por causa de sua capacidade em remover toxinas, metais pesados e diversas impurezas, além de transferir para a pele nutrientes e minerais que são de extrema importância para nossa pele.

Se você tem a pele seca, com acne ou outros problems de pele, saiba que os tratamentos com argila são indicados para você. Além de também ser ideal para relaxar, diminuir o cansaço e tratar a dor nas costas.

A argiloterapia no rosto e corpo é feita aplicando a argila medicinal escolhida, branca, verde, entre outras (você verá as opções de argila abaixo), diretamente sobre a pele, promovendo desinflamação, desintroxicação e melhora na circulação sanguínea.

Dessa forma, os tratamentos com argila são feitos geralmente 1 ou 2 vezes por semana por 20 ou 30 minutos com a argila sobre a pele. Depois desse período, podem ser feitas sessões de manutenção mensais ou quinzenais. Veja os demais benefícios da argiloterapia:

  • Possui substâncias cicatrizantes
  • Ajuda no clareamento da pele
  • Melhora a aparência estética da pele, devido sua ação regeneradora
  • Aumenta a oxigenação da pele, elimina os restos metabólicos e acelera a reprodução de colágeno, elastina e reticulina
  • Auxilia na síntese de colágeno
  • Ativa os processos metabólicos
  • Propriedades secativas contra acnes

Benefícios da argiloterapia capilar

Aplicar a argila no couro cabelo e nos fios aumenta a hidratação dos fios, maciez e brilho.

Não se assuste quando começar a aplicar o tatamento da argiloterapia, pois nas primeiras aplicações os cabelos podem parecer mais secos por conta da limpeza profunda que a argila proporciona.

Contudo, ao longo das aplicações o cabelo vai ficando cada dia mais brilhoso, saudável e nutrido. Além disso, o funcionamento desta técnica vai:

  • Remover todas as impurezas da raiz, couro cabelo e fios já na 1ª aplicação
  • Tratar queda de cabelo e caspa
  • Trata a oleosidade 

 É recomendado que o tratamento seja feito pelo menos 1 vez por semana, durante 10 semanas seguidas. Depois desse período, podem ser feitas sessões de manutenção mensais ou quinzenais. 

Conheça os diferentes tipos de argila 

A argiloterapia conta com diversos tipos de argila, algumas compartilham os mesmos benefícios, como por exemplo, as argilhas verde, amarela e preta auxiliam na flacidez, inflamações e edemas. Contudo, algumas contam com propriedades específicas, como a argila branca cicatrizante, clareadora e antisséptica.

Veja cada cor de argila e suas propriedades, escolha (de preferência junto a um profissional) a argila perfeita para você e em seguida aprenda como fazer a argiloterapia em casa.

Argila branca

A argila branca é indicada para ações de cicatrização, maciez, relaxamento e hidratação da pele. Conta com o alumínio, zinco, silício, ferro e cálcio em sua composição e funciona bem para qualquer tipo de pele. Essa cor de argila tem uma utilização ampla, pois também é indicada para acane, clareamento e tônus geral da pele. 

Se você optar pela argila branca, também poderá utiliza-la nos cabelos proporcionando hidratação, maciez e tratamento para caspa.

Argila roxa

A argila roxa é rica em magnésio, que atua na produção de colágeno, portanto essa argila é capaz de deixar a pele mais firme e lisa, proporcionando uma aparência mais jovem e radiante. Na argiloterapia, é utilizada para eliminação de toxinas e nutrição da pele.

Argila verde 

Essa argila verde é utilizada para melhorar a flacidez e diminuir a celulite. A pele oleosa também se beneficia com a argila verde, que regula a oleosidade natural do rosto, por sua ação seborreguladora, adstringente e purificadora da pele.

Nos cabelos, tem propriedades antirresíduo e realizam uma limpeza profunda nos fios, utilizada no tratamento para dermatite seborreica.

Argila cinza

Rica em silício e zinco, a argila cinza apresenta propriedades adstringentes e purificadoras, portanto assim como a verde, ela também é indicada no controle da oleosidade da pele, purificar a pele e tratamento do acne.

Outros benefícios da argila cinza na argiloterapia corporal é a melhora que ela apresenta na elasticidade da pele e no combate a celulite.

Argila amarela

A argila amarela possui ação antivenvelhecimento, pois ajuda na nutrição e na renovação celular, rica em potássio e silício, é considerada uma argila remineralizante de colágeno da pele. 

O bom é que ess argila também tem um alto desempenho na saúde dos cabelos promovendo uma limpeza profunda e removendo impurezas do couro capilar.

Argila preta

Rica em enxofre, ela tem ação anti-inflamatória, redutora do estresse, desintoxicante e adstringente. Por contribuir com a renovação celular da pele, ela ajuda a amenizar manchas na pele.

As manchas na pele são amenizadas com a argila preta, por contribuir com a renovação celular da pele. Essa argila é rica em enxofre, tem ação anti-inflamatória, desintoxicante e redutora do estresse.

Contudo, a argila preta é uma das mais utilizadas na argiloterapia para amenizar celulite, linhas de expressão e ecne, portanto, ela auxilia na saúde da pele, tanto do rosto como do corpo.

Nos fios, combate oleosidade e queda de cabelo.

Argila rosa

Essa aqui é para quem tem a pele seca e sensível, pois tem ação antioxidante e calmante. A argila rosa age como um esfoliante e remove as células mortas da pele, portanto também pode ser utilizada na recuperação de manchas da pele.

Argila vermelha

A argila vermelha no rosto é indicada para peles sensíveis, que sofrem com rosácea ou alguma alergia, pois a substância auxilia na regulação do fluxo sanguíneo e vascular.

Na argiloterapia corporal, a argila vermelha tem ação antiflacidez e a microcirculação, o que combate a celulite e gordura localizada.  

Você também pode utiliza-la nos fios como limpeza profunda do couro cabeludo e tratamento antiqueda.

Quem pode fazer a argiloterapia

A argiloterapia é um tratamento feito por especialistas na área estética, como dermatofuncionais, esteticistas e fisioterapeutas. A técnica também é muito praticada em casa e quem faz consegue bons resultados, já que o ingredientes são fáceis de encontrar.

Contudo, cada caso é um caso, portanto é importante avaliar com atenção seu tipo de pele para escolher a melhor argila para você.

Como fazer a argiloterapia em casa

Argiloterapia facial e corporal

  1. Higienize a pele com um sabonete adequado para sua pele;
  2. Prepare a máscara com argila, hidrolato (água aromática) ou água mineral até obter uma pasta homogênea e cremosa. Pingue algumas gotas de um óleo essencial de sua escolha;
  3. Aplique no rosto a camada de 1 cm;
  4. No corpo, aplique uma camada e envolva a pele com uma bandagem ou manta térmica;
  5. Não deixe a mascara secar na aplicação e nem na pele, portanto o ideal é deixar a argila agir por aproximadamente 20 minutos;
  6. Retire a máscara suavemente com água fria e algodão umido ou esponja e finalize hidratando a pele. Sempre utilize o protetor solar;
  7. No corpo, se for o caso finalize com um creme modelador para potencializar os resultados.

Argiloterapia capilar

  1. Com os cabelos secos
  2. Misture 3 colheres de sopa de argila na água, com uma tampinha de Bepantol Líquido, pingue algumas gotas de um óleo que possa ser utilizado no couro cabeludo de sua preferência até obter uma pasta;
  3. Aplique com a ajuda de um pincel e deixe agir 20 minutos;
  4. Enxague e lave como de costume, de preferência faça uma hidratação.

Após a argiloterapia

Você viu que muitos tipos de argila tem como benefício uma limpeza profunda, portanto, após a aplicação você precisa hidratar muito bem tanto a sua pele como o seus cabelos.

Cuidados ao praticar a argiloterapia

Alguns cuidados merecem atenção quando é feita a argiloterapia, como não utilizar mais do que 2 vezes na semana, evitar o contato com os olhos e mucosas e também:

  • Não aplique a argila sobre a pele ferida ou lesionada;
  • Em caso de irritação, suspensa o uso;
  • Mantenha fora do alcance de criança e animas;
  • No início do tratamento você pode notar ressecamento da pele ou aumento da oleosidade, mas esse cenário muda ao longo das sessões.